Home Sexshop Ousadias

Estado do Tempo C

Pouco Nublado

02 Mar - 23:00

Weather

Map

News

Pharmacies

CHAT

Contacts

Pesquisar

Porto XXI
Takitudo

Jornal Porto XXI

Notícias, crónicas e reportagens da região

Página Principal Página Anterior

Obras prosseguem nos Aliados

Patrícia Gonçalves, O Primeiro de Janeiro [2005-05-18]

O executivo do Porto chumbou a proposta que contemplava um pedido de paragem das obras nos Aliados. Um veto apenas possível dada a ausência de um vereador do PS na altura da votação. Entretanto, Rui Rio manifestou abertura para discutir o projecto na Asse

 O presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, conseguiu ontem travar o ímpeto da oposição no executivo de promover um debate público sobre o projecto de requalificação da Avenida dos Aliados. A proposta partiu do vereador da CDU, Rui Sá, num documento com várias críticas à forma como o líder do executivo tem liderado o processo, “censurando o desrespeito pelas deliberação da autarquia e da Assembleia Municipal”, no sentido de realizar reuniões para debater o projecto e responsabilizando Rui Rio “pelo que possa vir a ocorrer na avenida, na sequência de um eventual parecer negativo” do Instituto Português do Património Arquitectónico (Ippar). Mas o documento acabou por ser rejeitado no momento da votação, altura em que o vereador socialista José Luís Catarino se ausentou da sala, permitindo um resultado de seis votos a favor, dos cinco autarcas do PS e de Rui Sá, e seis votos contra da coligação PSD/CDS-PP. Um empate que permitiu a Rui Rio utilizar o voto de qualidade e vetar a proposta. “Lamento profundamente que tenha sido chumbada, porque esta situação só dá força ao presidente da câmara, para que as obras prossigam”, observou o comunista, visivelmente agastado com a situação que levou ao desfecho.
Já o PS, através de Rodrigo Oliveira, justificou a ausência de José Luís Catarino com o facto do autarca ter “recebido um telefonema pessoal com carácter de urgência”. De qualquer das formas, o socialista manifestou-se em defesa de “uma ampla discussão” do projecto. “Trata-se de uma avenida com tradição. Transformá-la num solo negro de granito é, no mínimo discutível”, julgou.

Assembleia discute
Horas depois da reunião camarária, Rui Rio revelou à Agência Lusa ter solicitado a convocação de uma sessão extraordinária da Assembleia Municipal, para debater o projecto. O pedido terá sido aceite pelo presidente daquele órgão, faltando apenas acertar o dia da discussão. “Pedi essa reunião para demonstrar que ninguém foge ao debate”, justificou o autarca, reconhecendo que ele ainda não tinha tido lugar em sede da Assembleia Municipal, mas recordando que já foi promovido um numa sessão especial nos Paços de Conselho e que a população foi esclarecida num «mailing» e em duas páginas da revista da câmara.
Apesar da «abertura» de Rio, caso a proposta de recomendação tivesse sido aprovada pelo executivo, teria sido solicitada à Metro do Porto a “imediata paragem das obras de requalificação da Avenida dos Aliados, permitindo que a apreciação do respectivo projecto seja feita pelos órgãos municipais e que o Ippar se pronuncie sobre o mesmo”.

Outras Notícias em Destaque:

Centro de Reabilitação do Norte só abre com viabilidade económica definida

Jornal de Noticias [2012-06-19]

Câmara do Porto entaipa biblioteca do Marquês

Hugo Silva, J.N. [2012-06-19]

 

Jornal

PESQUISAR

SECÇÕES

Crónicas

Destaques

Noticias

Reportagens

OPÇÕES

Imprimir Artigo

Sugerir a um amigo

ARQUIVO

Consulte notícias de meses e anos anteriores

JORNAIS

Links para a secção do Grande Porto dos principais jornais nacionais

Jornal de Notícias

Diário de Notícias

Primeiro de Janeiro

 

...os seus artigos podem ser publicados no jornal on-line do Porto XXI!

Saiba Como

 

[Adicionar aos Favoritos]    []    [Webmasters- Coloque no seu site]    [Recomende a um amigo]

[CHAT]    [Livro de Visitas]    [Crianças Desaparecidas]    [WebDesign]

Copyright © 1999 PORTOXXI.com - Todos os direitos reservados